fbpx

#SigaOCLICK

Alerta: nível do Paraíba em Campos alcança 9,89m e segue elevando 3cm por hora

MAIS LIDAS

Às 9h15 desta segunda-feira (10), última medição realizada pela Secretaria de Defesa Civil, o Rio Paraíba do Sul atingiu a cota de 9,89 metros. Com base em análise contínua do Setor de Monitoramento do órgão, observa-se que a elevação média é de 3 centímetros por hora. O nível do rio neste momento está a 51 centímetros da cota de transbordamento, que é de 10,40 metros. O reservatório de Santa Cecília segue mantendo a liberação da vazão defluída muito alta e o Paraíba segue recebendo grande volume de água de seus afluentes, por isso, o nível ainda não começou a baixar. A Defesa Civil está em alerta, realizando vistorias em áreas ribeirinhas e vulneráveis e orientando a população.

O secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto, junto com o Superintendente Regional do Inea, Eduardo Crespo, irá vistoriar as comportas da tomada do Paraíba nesta segunda-feira (10), para verificar o funcionamento e avaliar a possibilidade de fechamento, a fim de facilitar a drenagem de água de chuva na área urbana do município.

- Advertisement -

No último domingo (9), Pascoutto esteve na Ilha do Cunha e na Coroa, acompanhando a situação no local e orientando os moradores a não se exporem à situação de risco. “Prezamos pela vida. As famílias que permanecem nestas áreas vivenciaram enchentes algumas vezes e sabem bem o que fazer nestes casos e o momento de deixarem suas residências. A situação nestes pontos ainda está sob controle. Nossa orientação para todas as pessoas é que em qualquer sinalização de risco, busquem abrigo em locais seguros”, orientou o Secretário.

Muriaé — O nível do Muriaé também está acima do normal. Na altura da localidade de Três Vendas, próximo ao limite entre os municípios de Campos e Cardoso Moreira, o rio já saiu da calha e atingiu a área de pasto do lado oposto às residências da localidade. A Defesa Civil também monitora o Muriaé e nota que, assim como o Paraíba, sua elevação acontece de forma mais lenta que no último final de semana. A normalização do Muriaé depende também da diminuição do nível do rio Paraíba, uma vez que o Muriaé desemboca nele.

Apoio — Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil a qualquer hora do dia ou d noite, através dos telefones 199 ou (22) 98175-2512.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias