BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Alerj homenageia deputado Gil Vianna e anuncia medalha Tiradentes post-mortem

Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizaram, nesta quarta-feira, uma sessão solene em homenagem a todas as vítimas do coronavírus no país e ao deputado Gil Vianna (PSL), que faleceu na noite de ontem em decorrência da doença. Um projeto de resolução para dar ao parlamentar a medalha Tiradentes, maior honraria do Legislativo Estadual, foi protocolado de forma conjunta por diversos deputados. A homenagem foi feita de forma virtual, durante o horário em que aconteceria a sessão de votação de projetos de lei relacionados à pandemia. As sessões de votação desta quarta e quinta-feira serão transferidas para a próxima semana.

Vianna estava internado há oito dias em um hospital particular de Campos dos Goytacazes. Seu quadro era estável, mas apresentou piora no início da noite de terça e precisou ser entubado, vindo a falecer após sofrer uma parada cardíaca, às 22h45. Gil Vianna foi eleito deputado em 2018, com 28.636 votos, e já havia assumido mandato em 2017 como suplente. Policial militar, ele iniciou a carreira política em 2008, como vereador em Campos dos Goytacazes. O parlamentar foi autor de 13 leis, além de ocupar o cargo de presidente da Comissão em Defesa da Pessoa com Deficiência. Gil Vianna deixa esposa Andréa Vianna e três filhos, Bruno, Gabriel e Laura, além de Gabriela, já falecida.

A Alerj decretou luto oficial de três dias e suspendeu as votações que aconteceriam hoje e amanhã, transferindo-as para a próxima semana. “Sabemos da pessoa simples, querida e humilde que era o nosso amigo Gil Vianna. Foi uma felicidade tê-lo conosco, nós viajamos algumas vezes pra pescar e assistir a jogos de futebol. Ele gostava muito de música, sempre me mandava alguma passagem bonita. Qualquer homenagem que a gente possa fazer é pouca”, disse o presidente da Casa, André Ceciliano (PT).

“Em nome dele, também quero homenagear as mais de três mil famílias que estão também nessa situação no nosso estado. É preciso ter muito cuidado nesse momento e respeitar as regras de isolamento social”, completou Ceciliano. O presidente ainda anunciou que Gil Vianna também será homenageado dando nome a um espaço na nova sede da Alerj.

O Governo do Estado também decretou luto oficial de três dias. “Uma pessoa que se tornou meu amigo e que aprendi a admirar. Patriota, republicano. Tinha um amor enorme pela vida, pelo que fazia, por sua cidade. Uma perda irreparável e que deixará muita saudade”, declarou o vice-governador do Rio, Cláudio Castro.

A sessão solene virtual terminou com uma salva de palmas ao colega. “GIl Vianna presente!”, entoaram diversos deputados.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.