Campos

Agricultura busca parcerias com órgãos de pesquisa

Para uma maior integração entre órgãos ligados ao setor agrícola, o superintendente de Agricultura e Pecuária, Nildo Cardoso, se reuniu nesta quinta-feira (05) com representantes do Centro Estadual de Pesquisa e Agroenergia e Aproveitamento de Resíduos (Ceppar), unidade da Pesagro-Rio, empresa de pesquisa agropecuária da secretaria estadual de Agricultura. O objetivo é firmar novas parcerias que vão beneficiar diretamente os produtores rurais e melhorar a produção de olerícolas no município, entre elas o aumento da produção de mudas do órgão, além da cessão de máquinas para atender pequenos produtores.
Atualmente, o Ceppar produz 100 mil mudas por mês, que são distribuídas entre 65 produtores cadastrados, totalizando 1,2 milhão de mudas/ano. A produção das mudas, feita na estufa do órgão, recebe acompanhamento de agrônomo e técnico agrícola, desde o plantio das sementes até a distribuição.
— Queremos ampliar essa distribuição para que mais produtores sejam atendidos e essa parceria vai ser fundamental para isso — afirma o secretário.
Nildo Cardoso também lembrou que pretende firmar uma parceria com o Governo do Estado, através da cessão de máquinas agrícolas, para atender aos produtores.
— Com essas máquinas do Estado, o município cederia os operadores e o combustível. São equipamentos de suma importância para o município — informa, acrescentando que os equipamentos estão em Italva, no momento, fazendo revisão.
O chefe do Cepaar, Ronaldo Soares, ressaltou a importância da parceria com a prefeitura e disponibilizou o espaço para a utilização da superintendência. “As portas estão abertas.  Queremos transformar a Estação Experimental em referência na agricultura da região”, disse o chefe do Cepaar.
Também participaram da reunião o responsável pela produção de mudas, José Márcio Ferreira; o supervisor regional da Emater, Luiz Carlos Teixeira Guimarães; o assessor institucional da Superintendência de Pesca e Aquicultura, José Armando Barreto, e o produtor rural Emilton Basílio de Souza, produtor rural da unidade 3 do Assentamento Zumbi dos Palmares, que começa na Usina São João
Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.