Abdu Neme deixa comando da Secretaria de Saúde de Campos

O Diário Oficial desta segunda-feira (30) trouxe o já esperado ‘pacotão do Diniz’. Diversos secretários e superintendentes foram exonerados de seus cargos, em virtude da legislação eleitoral que obriga que todos os nomeados sejam exonerados seis meses antes das eleições. Um desses nomes é o de Abdu Neme, que atuava como secretário de Saúde desde 2019. Agora o médico retornará para a Câmara, mandando Marcelle Pata para o ‘banco de reservas’.

Na Saúde, Abdu inicialmente teve uma gestão criticada. Muitas pessoas entendiam que o secretário queria fazer “marketing” em suas ações, principalmente quando cobria plantões em hospitais devido a ausência de médicos plantonistas. Com o passar do tempo, tendo resultados em algumas áreas e tornando a secretaria mais ‘humana’, como ele mesmo definiu, passou a conquistar um pouco mais de aceitação entre os profissionais da Saúde.

- Advertisement -




Com reformas e aquisição de mobílias e ambulâncias para Unidades Básicas de Saúde em todo o município, inicio da primeira grande reforma do Hospital Geral de Guarus e conclusão da obra do Hospital São José, se compararmos com a gestão desastrosa de sua antecessora, Fabiana Catalani, Abdu foi mais eficiente e mais político.

Muitos servidores reclamavam que nunca tinham visto a antiga secretaria, mas Abdu era figura constante nas unidades de saúde espalhadas em Campos.

DESGASTE
Por ter tido apenas um ano de gestão, e justamente em um momento delicado como o embate entre o prefeito Rafael Diniz e os servidores e principalmente com a classe médica, algum certo desgaste atingiu o secretário.

Quem o substituirá será Cintia Ferrini, que já vinha atuando como subsecretária e trabalhando na equipe de Abdu.

Nos últimos dias Abdu também teve problemas pessoais, conforme divulgado aqui no ClickCampos, onde a sua mãe e o seu neto recém nascido enfrentaram problemas de saúde.




- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.