A onça está com sede

O ministro Luís Roberto Barroso, (STF), decidiu encaminhar hoje (4) à Justiça Federal em Brasília a denúncia apresentada contra o ex-presidente Michel Temer no caso que ficou conhecido como inquérito dos portos.

A onça está sedenta e precisa beber água. Agora existem sinais de que este momento está chegando, com o fim do foro privilegiado que chegou, 35 dias depois do ex-Presidente deixar o cargo.

- Advertisement -

Se você não se lembra, no fim do ano passado, Temer foi denunciado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por integrar um suposto esquema para favorecer empresas específicas na edição de um decreto sobre o setor portuário.

Na decisão proferida o ministro Barroso afirma que Dodge descreveu “detalhadamente o funcionamento de um esquema duradouro de corrupção que se teria formado em torno do ex-Presidente da República, Michel Temer”, mas que não cabe mais ao relator decidir sobre se abre a ação penal nesse caso, o que tornaria Temer réu.

Ventos dizem que também há onças sedentas na ALERJ, aguardando o momento de saciarem sua sede… Será que essa fila anda?

Estamos de olho!




MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.