#SigaOCLICK

BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

A incoerência de Wladimir para justificar a “crise”

No dia 22 de maio, publiquei aqui neste mesmo espaço a incoerência do discurso do prefeito Wladimir, que cortou direitos do servidores, onde justificou que a ação foi em virtude de uma orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). No entanto, na mesma semana Wladimir articulava a aprovação das contas de Rosinha Garotinho, que teve orientação do TCE pela rejeição. Era um discurso com dois pesos e duas medidas.

Agora o prefeito tenta a todo custo aprovar o novo código tributário. Sem maioria na Câmara, o prefeito oferece até o que não existe para vereadores, com a única intenção de obter maioria na casa legislativa. O Diário Oficial desta terça-feira (15), trouxe de volta a EMHAB, que havia sido extinta. Para tristeza da população, o prefeito não recriou o órgão por necessidade do contribuinte, mas sim, para nomear aliados de vereadores, entre eles, o chefe do gabinete de Thiago Rangel.

- Advertisement -

Mas afinal, se existe crise e a situação deixada por Rafael Diniz é caótica, como o prefeito cria gastos em um momento em que deveria dar o exemplo? Pelo visto, a necessidade de criar e aumentar impostos tem apenas uma intenção: voltar a nomear a torto e a direito, montando uma base política sólida visando as candidaturas do seu grupo político em 2022.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

WhatsApp chat