fbpx

Rio de Janeiro monitora fiações e instala grades após registrar mais de 450 roubos em 2022

Publicado dia

- Advertisement -

Cabos e fios elétricos estão sendo monitorados e até cercados por grades no Rio de Janeiro por causa de um aumento nos roubos. Ao longo de 2022, já foram registrados mais de 450 roubos de fiações elétricas. Foram mais de 23 mil metros de cabos roubados. Somente no mês de maio acumula mais de 300 roubos. O mês de fevereiro foi o que registrou a maior extensão roubada: nove mil metros. A prefeitura está gastando mensalmente R$ 250 mil por causa desses delitos. A perda anual é de mais de R$ 3 milhões para tentar minimizar o prejuízo. O levantamento foi feito pela companhia municipal de energia e iluminação Rioluz.

A Companhinha de Engenharia e Tráfego do Rio de Janeiro (Cet-Rio), responsável por monitorar o trânsito na cidade, estima que perdeu R$ 5 milhões somente no ano passado com o mesmo problema. A suspeita é de que o material esteja sendo vendido para ferros velhos. A Polícia Militar e a Polícia Civil do Rio de Janeiro montaram uma força tarefa para investigar os crimes e aumentar a fiscalização nesses ferros velhos. A Rioluz está adotando algumas medidas alternativas para tentar reduzir o problema, como a instalação de câmeras de monitoramento e de grades, para proteger as fiações.

- Advertisement -  

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

- Publicidade -

Últimas notícias

Leia também