fbpx

#SigaOCLICK

Homem morre baleado durante ação policial de dispersão na região da Cracolândia

Um homem de 32 anos morreu baleado na noite desta quinta-feira, 12, durante uma ação policial de dispersão nos arredores da Cracolândia, no centro de São Paulo. Segundo o boletim de ocorrência registrado por policiais militares, Raimundo Nonato Rodrigues Fonseca Júnior foi encontrado caído na Avenida Rio Branco, altura do número 724, com um ferimento no tórax. Os agentes informaram que houve um “tumulto generalizado” durante a operação. Ainda não se sabe de onde partiu o disparo e o crime foi registrado como de autoria desconhecida no boletim de ocorrência. Os policiais informaram que acionaram uma ambulância e Raimundo foi levado para a Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu.

Na quarta-feira, a Polícia Civil e a Prefeitura de São Paulo realizaram uma operação na Praça Princesa Isabel, antigo endereço da Cracolândia, para dispersar usuários de droga e prender traficantes. Após a ação, os dependentes químicos se espalharam pela região central da cidade. Ainda não se sabe se Raimundo fazia parte do fluxo de usuários dispersados da praça. O advogado Ariel de Castro Alves, membro do Movimento Nacional de Direitos Humanos e presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, encaminhou o caso para a Ouvidoria da Polícia para que seja apurado se o disparo partiu de algum policial. “Todas as circunstâncias sobre essa morte precisam ser devidamente esclarecidas. Se ele era um dependente de drogas que frequentava o fluxo na Cracolândia ou se é um morador da região, e também de quem partiu o disparo que vitimou essa pessoa, para que tenhamos um esclarecimento para a sociedade e para que sejam evitadas ações que gerem violência desse tipo”, disse. A Jovem Pan entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública e aguarda retorno.

Mais lidas

Siga o nosso insta!

44,0k Seguidores
Seguir

Últimas notícias