Demorou muitos anos, mas o Goytacaz vai, finalmente, voltar a disputar uma final de campeonato. A equipe da Rua do Gás venceu o rival Americano na semifinal da Taça Santos Dumont e está na final da competição. O presidente do clube Dartagnan Fernandes falou do bom momento vivido pelo Alvianil, que voltou a ser protagonista no futebol estadual.
– O Goytacaz há mais de 14 anos não fazia uma decisão desse porte. O Goytacaz estava adormecido. O Goytacaz renasceu das cinzas. Nós estamos resgatando a dignidade do clube. Tinha muito aventureiro dentro do Goytacaz, hoje não tem mais. Hoje fazemos as coisas com amor, seriedade e dignidade. Não vamos deixar o que aconteceu lá atrás. O torcedor vem sofrendo há 24 anos sem uma equipe competitiva.
Dartagnan Fernandes aproveitou para dizer que o Goytacaz está preparado para retornar à elite do futebol do Rio de Janeiro e usou a torcida, que lotou o Aryzão (5.800 pessoas, sendo 30% torcedores do Americano) como suporte para tal afirmação.
– Um clube que tem essa massa torcedora não pode ficar na Segunda Divisão. Botar seis mil pessoas no estádio não é fácil. Me mostra um time, tirando os quatro, que colocou pelo menos dois mil torcedores no estádio. Nenhum. Aí você vem para o interior, colocamos seis mil. E se desse mais, teria oito, dez mil – disse o presidente, que completou criticando a emissora que detém os direitos de transmissão de todas as divisões do Campeonato Carioca.
– Temos que trazer as equipes tradicionais para jogar a Série A. A Globo está pecando ao fazer a Série A com doze equipes. Tem que voltar a ter mais times para voltar a colocar esse grandes times para o campeonato – concluiu Dartagnan Fernandes.
O Goytacaz volta à campo no próximo sábado (8) para encarar o Audax pela decisão da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca. A partida acontecerá às 15h no Estádio Moça Bonita.
Comente com o seu Facebook