Uma universitária de 23 anos foi encontrada morta dentro do banheiro de uma lavanderia na Rua Belo Horizonte, em Itapoã, Vila Velha, nesta quinta-feira (29). Segundo as primeiras informações repassadas pela Polícia Militar, o corpo possui marcas de agressões físicas e também perfurações causadas por golpes de faca. A vítima estava sozinha e teve o celular levado pelo assassino, que trancou a porta depois do crime. Duas câmeras de segurança que poderiam registrar o crime não estavam funcionando.

Segundo familiares da vítima, Luiza Mariano da Silva era funcionária da lavanderia havia dois meses e tinha saído cedo de casa para mais um dia de trabalho. A mãe dela foi ao local para levar almoço para a filha e viu o estabelecimento fechado. Um tio de Luiza foi acionado, chamou um chaveiro e conseguiu entrar. O corpo da jovem estava dentro do banheiro.

Natural de São João da Barra, no Norte do Rio de Janeiro, a jovem cursava Psicologia na Universidade Vila Velha.

Segundo o tio de Luiza, na semana passada, ela havia sofrido uma tentativa de assalto na saída da lavanderia. Na ocasião, a jovem se negou a entregar a bolsa ao bandido e recebeu dele uma ameaça de que voltaria para ‘acertar as contas’.

Comente com o seu Facebook