O ex-governador Sérgio Cabral foi transferido de Bangu 8, em Gericinó, para o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP) em Benfica, na Zona Norte do Rio. A transferência do peemdebista aconteceu no início da manhã deste domingo.

Além dele, todos os presos da Operação Lava Jato com nível superior, todos com nível superior e presos por pensão alimentícia foram levados para o BEP, que começou a funcionar em fevereiro deste ano e passou a se chamar Cadeia Pública José Frederico Marques, contando com 512 vagas.

Por volta de 10 da manhã, um comboio com pelo menos nove caminhões com detentos chegou ao antigo BEP. No local, além de Cabral, ficarão outros presos da Operação Lava Jato com curso superior e condenados por não pagar pensão alimentícia.

Procurada, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) confirmou a transferência e disse que estava fazendo a contagem dos presos que haviam sido transferidos . A Seap, no entanto, não informou ainda os detalhes da transferência e nem os nomes dos transferidos.
Cabral, que é réu em nove processos da Lava Jato, está preso desde novembro. Segundo a Justiça, o ex-governador é acusado de lavagem de dinheiro e de ser responsável por uma organização criminosa que desviou mais de R$ 20 milhões de diversas obras públicas do estado. Caso seja condenado com a pena máxima nos nove processos em que é réu, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) pode ser sentenciado a mais de 530 anos de cadeia.
Comente com o seu Facebook