As pendências em relação aos 2.783 processos de perpetuação parados no setor de Cemitérios Públicos já começaram a ser resolvidas. Segundo dados da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), ao todo, 1.380 processos já foram concluídos e as famílias já estão sendo contatadas para irem até a sede do órgão.
De acordo com o diretor de Cemitérios da Codemca, Jorgiele de Oliveira, nos últimos meses, a Companhia vinha recebendo críticas por contas de pendências anteriores à atual gestão.
— Assim que assumimos o setor, encontramos 2.783 processos de perpetuação parados. Destes, resolvemos 1.380 processos nos últimos dois meses. Diariamente, estamos recebendo inúmeras ligações de pessoas, que deram entrada em processos ao longo dos anos, querendo informações e recebemos muitas críticas sobre assuntos que não tínhamos o menor conhecimento, mas, após um levantamento preliminar realizado pelas equipes já estamos com um relatório com os motivos de cada processo estar parado e estamos trabalhando nisso para liberarmos o quanto antes — afirma o diretor.
De acordo com o presidente da Codemca, Vinicius Vieira, o objetivo é resolver todos os processos dos contribuintes, já que, alguns deles, são de fácil resolução. Vinicius afirma que, independente dos motivos que os deixaram parados no setor, os problemas serão solucionados e será feito chamamento para comunicar as pessoas que compareçam à sede da Companhia para que possam acompanhar seus processos.
— Há 1.380 processos concluídos e já liberados, incluindo os que havia pendências de pagamento e alguns dependendo apenas de questões jurídicas. Reunimos todos esses processos e os dividimos no relatório por região e por cemitérios. Além do Caju, são 24 cemitérios públicos administrados pela Prefeitura de Campos, e após termos realizado este levantamento, finalizamos as pendências e chegamos a um número de processos e escrituras que já estão prontos para serem entregues de forma definitiva, tanto que estamos buscando essas pessoas para que tomem conhecimento e também estipulando prazo para estar finalizando as pendências que ainda restam — explica Vinicius.
Comente com o seu Facebook