Em menos de uma hora foram registrados 47,6 milímetros de chuvas em Campos, um volume quase cinco vezes o previsto para as 24 horas desta terça-feira (14), segundo a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil. Para esta quarta-feira (15), a previsão é de apenas quatro milímetros de chuva.
O diretor executivo do órgão, major Edison Pessanha, informou que, mesmo sem registro de chamadas, duas equipes da Defesa Civil percorreram os principais pontos de alagamento, sendo instalada uma bomba de sucção no Parque Saraiva. Além de intervenções no Parque Real e na área central próximo ao Edifício Salete, na Rua Edmundo Chagas.
 — Nos demais pontos da área central a chuva causou transtornos ao trânsito, sendo necessária a intervenção da Guarda Municipal em alguns pontos, entretanto como foi uma chuva de curta duração, cerca de 30 minutos após o término as águas escoaram normalmente — disse o major.
Segundo o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Cledson Bitencourt, já existe um levantamento de pontos críticos por histórico de alagamentos e o órgão realiza um estudo para execução de obras de drenagem.
Reparos nos sinais – As equipes do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT) também percorreram as ruas para verificar o funcionamento dos semáforos. De acordo com o órgão, minutos após a chuva, as solicitações foram atendidas e o serviço restabelecido. Na Avenida Arthur Bernardes, três sinais apresentaram problemas por causa da falta de energia elétrica.
Comente com o seu Facebook