O número de mortes nas rodovias federais do Rio de Janeiro reduziu 40% durante o Carnaval, em um comparativo com o mesmo período do ano anterior. Entre sexta-feira e a quarta-feira de cinzas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 108 acidentes, com 98 feridos e 6 mortos.

Foram emitidos 9.457 autos de infração, sendo 1.635 por ultrapassagens proibidas, 737 por motoristas que não utilizavam o cinto de segurança, além de 105 crianças que não usavam dispositivo de retenção – ‘‘cadeirinha’’. Os policiais fizeram 5.154 testes do etilômetro, com 29 motoristas autuados após a constatação da embriaguez. Outros 90 motoristas com suspeita de dirigir sob influência de álcool, os quais recusaram fazer o teste, também receberam autuações. Os condutores flagrados alcoolizados receberão penalidade de suspensão do direito de dirigir por 12 meses e multa no valor de R$ 2.934,70.
Em 2016, durante o Carnaval, foram 10 mortes e 136 feridos nos acidentes. Em casos de emergências nas rodovias federais, a Polícia Rodoviária Federal pode ser chamada através do telefone 191.

A ligação é gratuita, com atendimento feito 24 horas por dia pela Central de Informações Operacionais (CIOP) da PRF.

CARNAVAL 2017
Na sexta-feira, duas pessoas morreram carbonizadas numa colisão frontal na BR-356, em Itaperuna, na Região Noroeste Fluminense. No início da tarde de sábado, na Rio-Santos (BR-101), em Angra dos Reis, Costa Verde, uma pessoa morreu após dois carros baterem de frente. No final da noite, nas proximidades de Mangaratiba, uma pessoa faleceu e duas ficaram gravemente feridas em outra colisão frontal, envolvendo dois veículos de passeio.

Na madrugada de domingo, também na Rio-Santos, em Mangaratiba, três veículos se envolveram num acidente com um ônibus que seguia de São Sebastião, em São Paulo, para a capital fluminense. Um dos carros colidiu frontalmente com o coletivo. O passageiro do automóvel faleceu no local, outros dois tiveram lesões graves.

Outro acidente grave ocorreu no domingo, por volta das 14h45, resultando na morte de uma criança. O caso aconteceu na rodovia Washington Luiz (BR-040), no sentido Rio, em Petrópolis, Região Serrana, na altura do km 85. Chovia no local e o motorista de um carro acabou perdendo o controle da direção, vindo a colidir na lateral da pista. Dois passageiros tiveram escoriações leves, sendo atendidos no local. Entretanto, a criança de 6 anos não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Comente com o seu Facebook